Oficina

Análise de Letras de Música - Processos Criativos

com Mona Gadelha

A canção popular no Brasil – com ênfase em letristas cearenses. Composições dos participantes da oficina. Recomendação de bibliografia e discografia. Música, poesia e história.
Inspiração e trabalho. Que recursos o letrista utiliza na composição? O sublime e o lugar comum. O que é o novo? E o antigo? Já não se escreve letra de música como antigamente? Grandes letristas que ninguém vê e não escuta. Essas e outras questões numa imersão de três dias.

Data: de 04 a 06/10 de 2017
Horário: 14 às 17 h
Local: Porto Iracema das Artes (Sala B2)
Público alvo: acima de 15 anos
Número de participantes: 20 alunos

FIcha de Inscrição

Mona Gadelha é Coordenadora do Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes desde 2014, é cantora, compositora e jornalista. Especialista em Globalização e Cultura e Mestranda em Comunicação com pesquisa em performance e transgressão e vinculada ao Laboratório de Investigação em Corpo, Comunicação e Arte-LICCA (UFC). Lançou sete CDs Mona Gadelha(1996), Cenas & Dramas(2000), Tudo se Move(2004), Salve a Beleza(2010), Praia Lírica, um tributo à canção cearense dos anos 70(2011), e Cidade Blues Rock nas Ruas(2013) – este também em CD ao vivo e DVD(2014). Participou do álbum e show Massafeira, destacando-se com o blues Cor de Sonho,
Criou vários projetos culturais com a Brazilbizz, sua produtora, como a curadoria do projeto Jazz na Caixa Cultural por cinco edições em São Paulo. Fez a curadoria de concertos de pianistas para mostra de música ao vivo em filmes na 27ª Mostra de Cinema de São Paulo. Foi palestrante do WOMEX em 2003, falando sobre música e inclusão social, em Sevilha, Espanha. Escreveu perfil biográfico de José de Alencar e projetos lítero-musicais.
Coordenou o Ponto de Cultura Memórias do Olhar em 2008, em São Paulo, do Ministério da Cultura.